quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Closer and Closer



Ontem recebi o meu primeiro "Feliz Natal" do ano! Um pouco precoce, eu sei, mas soube-me lindamente. Também respondi "Bom Natal!" pela primeira vez e é um verdadeiro prazer, como se fosse o abrir oficial da minha época favorita. Sei que há gente chocada por já se verem muitas árvores, bolas, fitas e luzes por essas montras fora, mas também há quem já ande a brincar ao Natal desde setembro, em especial noutros países, com direito a velas aromatizadas, doces de Natal, contos da época para as crianças e até compras de decoração para as casas. No meu mini-mercado já há mais de um mês que me oferecem fatias de bolo-rei desmanchado, "uma delícia!", e tenho a dizer-vos que tem sido muito difícil de resistir. Eu é que vou adiando sempre a entrada na época natalícia para que as coisas não percam a magia, por começarem "fora de época", mas cada vez mais estou convencida de que quem começa mais cedo é, de facto, quem aproveita melhor. Porque cedem aos impulsos. E porque se esta vida é para fazermos aquilo que mais nos faz felizes, então é deixarmo-nos de frescuras e parar de controlar o nosso instinto, o desejo de comprar agora aquela fita ou a iluminação que traria já certa magia à casa. Eu posso agora dizer: já estive bem mais longe de ceder.

1 comentário:

Green disse...

Eu cá não consigo achar piada ao facto de em outubro já andar natal por todo o lado, faltam 2 meses gente, que exagero!!