terça-feira, 22 de setembro de 2015

Like Magic



Cientistas americanos concluíram que ler apenas meia hora por semana, de um livro, uma qualquer história, aumenta a nossa felicidade. E se isto não é novidade para a maior parte dos humanos, este foi na mesma um estudo muito falado quando saiu, há pouco tempo. Por um lado, pela extrema facilidade de um simples livro em mudar a nossa mente e estado de espírito, o poder que tem sobre a nossa qualidade de vida - parece demasiado fácil, não é? Mas são as coisas pequeninas que mais influenciam a nossa vida e o nosso espírito positivo e saudável. Por outro lado, também foi muito falado pelos apaixonados por livros (metade da humanidade?) a achar que este estudo não apresentou mais que o óbvio, algo que já se sabia há tantos anos, algo que todos os pais tentam passar aos filhos, que os amigos tentam passar a quem mais gostam. Se era óbvio, então nada melhor que agora ainda existirem evidências científicas a comprová-lo.

Eu iniciei há um par de semanas uma nova história, uma mistura de romance com uma viagem de sonho, crime e muito mistério. A minha mãe ofereceu-me este livro de surpresa no início do mês, com o objetivo de ser "a minha leitura de verão" e ainda me ver a ir de férias e relaxar agarradinha ao meu livro. Para já, tem sido companhia de cabeceira, que leio para ajudar a acalmar antes de dormir e ter uma noite mais tranquila - e, claro, também para conhecer muito melhor o mundo, cultivar a mente e o meu lado criativo do cérebro, parar tudo naquele momento, estar mindful, ter um momento de verdadeira qualidade e tranquilidade, ser mais feliz. Se meia hora por semana chega, o que dirão de meia hora todos os dias? Ler é mesmo dos maiores prazeres da vida. E agora com o outono a aproximar-se, haverá programa mais delicioso? I dare you...
 

3 comentários:

J disse...

E o que eu agora gostava mesmo muito de descobrir é o nome desse livro que andas a ler :D
bjs*

Belicious disse...

É mais um best seller da Elizabeth Adler, Viagem a Capri (mas passando por destinos como Monte Carlo, Saint-Tropez e Sorrento antes de chegar ao destino...), e todo este cruzeiro é feito com a missão de descobrir o assassino da história. Leitura light de verão escolhida pela mãe hehe

Green disse...

Sabe mesmo bem, e se ainda faz bem, melhor ainda :)