quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Quanto Se Emagrece Num Mês?




Já não sei bem o que fazer. Já não sei se é da pílula, se é só do stresse, se é falta de talento, se é tudo misturado. Tem sido um ano de luta contra os quilinhos a mais e até agora não ganho quase nenhuma das batalhas. Até pelo contrário, porque depois da dieta louca que fiz durante 31 dias, a da Dra. Ágata Roquette, só ganhei uma bruta retenção de líquidos, de tal forma que estou desde junho cheia de (nova) celulite, de repente apareceu como nunca tinha tido. Pela primeira vez evito mostrar as pernas em certas situações, já tenho vergonha e não há dia em que não pense como vou dar a volta a isto sem poder ir para um ginásio. Já tenho o frigorífico abastecido de abacaxi, pepino, gengibre e limão, todo o tipo de drenantes para começar a atacar (ainda mais) este bicho pela alimentação. A água tem de tornar-se ainda mais uma constante, juntamente com o chá verde, esse aliado para desinchar e perder gordura. A canela é assídua nos meus dias e a pimenta anda a entrar aos poucos. Vai ter de resultar!

Hoje estou a falar disso porque falta oficialmente um mês até ao casamento da minha bff e nunca pensei chegar a esta altura ainda assim, com os meus quilos quase todos. É certo que me determinei a conseguir um emagrecimento de longo-prazo, estar magra só no final do ano, mas os avanços que era suposto ver até agora, não vi. A motivação vai encurtando muito com o desgosto de ver todos os dias as minhas gorduritas a gritar vitória, mas nem por isso desisto. Nunca desisti, não ia ser agora...

Tenho um mês para melhorar da melhor forma que conseguir esta condição. Não, não vou esconder nada no dia do casamento. Esconder é para quem só quer tratar dos problemas mais tarde. Isso de andar com a t-shirt vestida para tapar a barriguinha extra ou os vestidos compridos para esconder a ceulite não são para mim, mas para quem quer adiar a solução dos problemas, de quem quer continuar a viver com complexos e a sentir-se mal. Já vivi isso há mais de dez anos e a ver agora de longe o tipo de vida que isso é, é simplesmente ridículo, não é vida a sério, não é vida em pleno, é ir gastando os dias. Se há algo que nos faz sentir mal, é para resolver. O problema é que, na maior parte das vezes, quem anda a esconder o pneu não faz ideia do prazer da vida que anda a perder! O prazer e o conforto inexplicáveis de poder tirar a t-shirt sempre que apetecer! - e na verdade qualquer um pode, com ou sem barriga, tem é de se sentir bem com a sua aparência, é esse o prazer maior. Eu felizmente já me iluminei e andar a esconder e a arranjar "soluções para disfarçar" não é mesmo para mim. Eu sou mais do estilo de lutar até ao fim para resolver o problema.

Perante isto, tenho um mês, um só, para tentar melhorar o meu problema, ou é mesmo assim que vou. Afinal de contas, dali para a frente só espero estar continuamente a melhorar a minha aparência e forma física. Por isso, quem me vir no meu pior também poderá ver depois as melhorias, o importante sempre é eu estar de consciência tranquila. Não sei se vou conseguir emagrecer, mas tenho de continuar a tentar! As estratégias extra que contei no início do post, aliadas à dieta e atividade física, vão com certeza ajudar. Afinal, é o casamento da minha bebé! E eu quero estar na minha melhor forma possível. Não por ela, mas por mim. E dentro daquilo que for possível num simples e pequeno mês.

3 comentários:

L. das horas disse...

Tens de mudar de estilo de vida. Fazer exercício, mesmo que não seja no ginásio; alimentação sempre cuidada. Não é andar sempre em dietas de X dias, porque isso não resulta mesmo. Chama-se dieta io-io, de vai e vem. Há montes de blogues que falam de exercício físico em casa e alimentação saudável. Se te decidires por isso vais ver resultados. :)

Luana disse...

tudo é possível quando se tem motivação e foco :)

Green disse...

Então boa sorte e força, vais certamente conseguir :)