quarta-feira, 3 de junho de 2015

June - When The World Gets Brighter



Junho começa a dar os seus ares. Ou é dos meus olhos, ou o ar é logo outro. Outra mística, outra luz, sons diferentes, um ambiente totalmente novo e especial. Tão especial e encantador. As primeiras temperaturas altas do mês chegaram hoje e já pedem praia, muita praia. Eu ainda não fui à praia este ano! Estou para lá de ansiosa...

Também já chegou a feira do livro de Lisboa, o arraial aqui do bairro é já no fim de semana e o auge das festas de Lisboa é já na semana que vem! Os santos populares no seu melhor, uma das grandes noites do ano, estão quase quase aí. E depois há todas as restantes festas que perduram por esta linda Lisboa fora, até ao próximo mês... Aqui onde moro não se sente mas em qualquer outro canto da cidade o cheiro a festa está no ar - e não falo do cheiro da sardinha. São as fitinhas e bolinhas que estão pelos bairros, o fado a sair pelas janelas e a alegria contagiante no ar. As noites a começar a encher ainda mais de juventude e alegria, uma celebração de 24h/dia onde queria muito, muito, estar.

Falemos ainda dos terraços de Lisboa, dos mais normais aos mais trendy, os miradouros, os eventos after-work e comemorações mil que nesta altura do ano apetecem tanto, é só procurar desculpas. Entram agora no auge as petiscadas ao fim de tarde, os jantares de esplanada, as jantaradas com os amigos na varanda, os brunches de verão naquelas esplanadas de que nos privámos durante todo o inverno. E agora chegou a altura!

Junho é, de facto, o reabrir de todos os sonhos. O início da la dolce vita por que esperamos todo o ano, o mundo muito mais cor de rosa, muito mais livre e muito mais fácil. E ver que tudo ainda está só no início... Mas que o que é bom tem de ser para aproveitar :)

1 comentário:

Green disse...

Deve ser realmente muito giro.