segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Coisas de Ano Novo


Tive de ir cortar o cabelo. Há meses que queria e precisava mas nunca mais me decidia. Ora porque não sabia como cortar, ora porque nunca quero apenas cortar, também queria mudar algo. Mas vou adiando, adiando... Até que a situação se torna urgente e acabo por "ir cortar normal só mais desta vez e das próximas logo se vê". E assim foi, cortei quase o mesmo de sempre, com a diferença de que autorizei a mandar fora à vontade tudo o que estivesse estragado, sem problemas nem limites. Custou abdicar do meu comprimento todo, e foi mais de um palmo que deixei no salão, mas pela primeira vez não me importei, estava farta. Fiz todo o corte de pé - agora é moda pedirem-me para ficar de pé enquanto cortam porque o cabelo é muito comprido! Foi tão rápido quanto eficaz. E a sensação de leveza agora? Valeu mesmo a pena deixar-me de cenas e tratar do assunto. Afinal de contas, ele continua a crescer. Mas agora muito mais saudável.

2 comentários:

Green disse...

Tenho de fazer o mesmo ao meu.

Diana Machado disse...

também cortei como a da imagem :)