segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

The Last Day


Hoje foi dia de reis, que para mim é normalmente uma espécie dia de choque. Chega ao fim mais época natalícia, tão bonita mas tão fugaz. Talvez por nunca conseguir aproveitá-la bem este dia seja tão amargo para mim. E fico assim, nostálgica, a querer mais um bocadinho deste ambiente de luzinhas e enfeites e velas, amor... Sem vontade de aceitar que acabou.
Mas acabou... Falta arranjar um espacinho na agenda para desmontar tudo e é um "até já" aos motivos de Natal, porque ele volta não tarda (todos sabemos que sim, mesmo com um ano inteiro pela frente). Hoje queria ter tido um bolo rei de despedida, uns sonhos só para serem os últimos do ano, qualquer coisa para marcar a data, mas voltámos à vida atribulada e não deu para preparar nada. É bom começar a organizar-me ainda melhor, porque este ano já começou em força e eu não vou começar a perder terreno. Foi a primeira segunda-feira do ano e isso aumentou ainda mais o choque da transição. 2014 entra acelerado, a avisar que não está para brincadeiras, mas eu também não. Vamos lá

Sem comentários: