segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A abrir o mês dos sonhos


Para este mês tão especial a única certeza que eu tinha desde o verão, e depois de não ter tido verão, era de que iria a Londres na quadra natalícia. Quanto mais o outono avançava, mais eu apurava esta certeza. Todos os anos anteriores o quis com todas as minhas forças, mas nunca foi possível. Este ano tinha tudo e organizei-me neste sentido. O projeto ia sempre bem, realizei a minha parte, terminei o meu curso e ficou a faltar a comemoração, fiz contas poupança a contar com isto e outras coisas que viesse a merecer. Em outubro disse à minha família que iria este mês, e pensei para mim própria que queria ir mesmo se fosse sozinha, tamanha a minha vontade. Mas eu não quero ir sozinha! Quero que seja perfeito. E agora vejo aos poucos o sonho fugir-me, lentamente, das mãos, por entre os dedos, novamente...

2 comentários:

Meredith disse...

Porque é que o sonho te está a fugir? Por falta de companhia para ir? Beijinho

Joana disse...

Aposto que mesmo que não consigas ir a Londres, vais arranjar forma de "Londres ir até ti"... tu sabes aproveitar até as mais pequeninas coisas, remember? ;)

Cheers*