domingo, 15 de setembro de 2013

Good morning, Darling


Um post sentido, na certeza de que em breve teremos de finalmente conseguir tempo para nós e recuperar todo o tempo perdido. As manhãs, todas as manhãs, os dias, com certeza, e todas as noites, tantas noites por aproveitar... Sei que não te vou largar mais. Depois deste ano inteiro a dormir por turnos, e depois dos anteriores já muito parecidos, em que um trabalha de noite e o outro de dia, não posso mais esperar por voltarmos a ser 'normais' dentro da nossa anormalidade fantástica. Não tem sido fácil esperar, e o meu amor acumula-se nesta espera dolorosa. Para o tempo que há-de chegar, e que tem de estar a chegar, e em que nos vamos vingar a cada segundo destes tempos que perdemos. Ou será assim, ou tudo isto não faz qualquer sentido.

Sem comentários: