quarta-feira, 1 de maio de 2013

Alegrias


Estou aqui meio frustrada por não poder correr para a rua a aproveitar o feriado e inspirada pelo dia absolutamente bonito que vejo pela janela e ocorreu-me algo: se no "pomar" onde me abasteço de frutas e legumes de vez em quando - de onde volto feliz cheia de sacos de vitaminas e pão fresco -, vendessem flores, fossem quais fossem, com certeza que eu as trazia para encher esta casa de alegria. É que trazia mesmo, adoro.

Hello, May.

Sem comentários: