terça-feira, 30 de abril de 2013

Mas alguém se entende?


Já tinha ido rever todas as minhas camisas esvoaçantes e com cores vibrantes (no sábado já saí à rua fluorescente e tudo) e vestidos fresquinhos - saudades saudades saudades - e ontem fui sacar de uma camisola de lã e gola alta para vestir. Hum? Não é justo darem falsas esperanças às pessoas com dias lindos e maravilhosos e depois é isto: ver a nevar forte e feio na Guarda (a entrar em Maio, isto está tudo trocado!) e passar uma rapa de frio nas ruas de Lisboa. Confio no senhor S. Pedro para o mundo voltar rápido ao normal, i mean, que venham rápido os dias quentes que o que queremos é pele ao sol e muita esplanada!

Sem comentários: