domingo, 17 de março de 2013

Diet report - exercising!


A dieta vai bem, vai melhorando, sim senhor, os resultados é que não. Mas vou persistir.

Durante a minha vida não pratiquei qualquer tipo de modalidade, nunca tive sequer um hábito de andar ou correr ou fosse o que fosse porque nunca ganhei "pedalada" para isso. A minha resistência tornou-se zero há muitos anos atrás e desde então nunca tive coragem para arrancar com qualquer exercício que fosse. Mas agora teve de ser.

O meu irmão tem formação para ser personal trainer e lá me deu algumas orientações para começar tudo. Lá decidi eu meter-me nesta aventura de começar a ser uma pessoa não-sedentária aos 25 anos de vida - espero ainda ir a tempo! Estou agora a começar do nível -35 e já fui avisada que vai custar como tudo, e está a custar, mas tem de ser.

Nas duas últimas semanas tenho praticado em casa umas simpáticas aulas de zumba no Kinect e mesmo no nível principiante tenho de fazer uma pausa pelo meio. Mas é bom, é porque estou a dar o meu máximo (ou acho eu que sim!) e as dores musculares fazem-se sentir há dias. Tenho restrições, tenho de fazer pelo menos 20min de exercício quando o faço, e meia hora já é muito para mim. A evolução vai ser lenta e esta espera mata-me! Mas se é só assim que pode ser, então é assim que vai ser. Vou acreditar que vou conseguir - e foi tão bom quando consegui fazer a primeira aula de zumba até ao fim! Sensação de vitória, mesmo. Já juntei o meu step à festa e tem sido bom evoluir, praticando dia sim, dia não.

De resto, tudo a andar. Muuuuita água, montes de fruta, aveia e legumes. O pão está reduzido a praticamente uma fatia por dia e nas minhas refeições como o mínimo possível (quase sem hidratos). Um mimo para a saúde! Quero manter estes hábitos para a vida, porque comer pouco e bem é a chave para uma vida saudável, e todos queremos uma.

1 comentário:

Cisca disse...

Mais uma no clube de vida saudável ;) Força!