domingo, 24 de março de 2013

Countdown - O nosso grande dia

Não consigo arranjar palavras que descrevam o dia de hoje. Também não vou tentar, ou não sairia daqui (e tenho o tempo contadinho para aqui estar) nem sequer sairiam à altura do acontecimento.

Trabalhámos anos e dedicámos os últimos tempos da nossa vida a um projecto tão grande que me tem consumido de tal forma que falo dele aqui a toda a hora, falo a toda a gente, e na verdade falo com bem pouca gente desde que estou metida em tanto trabalho - e já lá vão uns anos assim. Na realidade, o verdadeiro esforço nem é o meu, mas quando a nossa metade vive e respira um projecto, nós vivemos também nesse projecto, e assim tem sido a minha (nossa) vida.

É justo finalmente dizer aqui que temos estado a construir de raiz uma rede social. É enorme, complexa, inovadora e cheia de potencial. Foi construída cheia de energia positiva, com as melhores intenções deste mundo e com o objectivo de ajudar e organizar e fazer muito feliz toda a gente que a utilize. Isto não é conversa de quem quer publicitá-la, é conversa de quem nem acredita que aquilo que está prestes a revelar tem mesmo este potencial todo! Acordei com as lágrimas em eminência, já chorei duas vezes esta manhã - não ter dormido bem não ajudou nada nas minhas emoções hoje - e estou num estado de excitação total, sem saber bem o que vem aí (e pronto, já a choradeira começa outra vez).

Para ele (o meu amor) foi uma vida em busca disto, foram os últimos anos de vida sozinho numa luta para chegar a este dia, cumprir este objectivo do tamanho do mundo - e de um peso louco e quase impossível sobre os ombros de uma pessoa só. Eu só entrei neste projecto a trabalhar oficialmente nele há nove meses (assim que deixei de ser estudante em full-time) e na altura da minha mudança de casa houve uma paragem do "trabalho oficial" durante quatro meses, mas nunca se deixou de viver o projecto cá em casa. Ele mata-se a trabalhar nisto, dias, noites e madrugadas, sem pausas, e eu estou sempre completamente envolvida, é inevitável. Não há como separar a vida pessoal de projectos deste tamanho. Não há horas para comer, não há horários para dormir, não há horas adequadas para dormir. É comer quando calhar, é dormir o que der. É dizer que não aos amigos, é dizermos que não um ao outro a toda a hora, é fazer promessas à família durante meses, durante anos... Até que finalmente desistem de nos chatear com perguntas (para quando é? quando sai afinal? quando têm uma vida normal? isso vai valer mesmo a pena?), e até parece que desistem mesmo de nós, e decidem ficar só quietinhos a assistir, a ver no que dá, à espera de ver para crer.

Já estivemos meses num escritório, já voltámos a fazer escritório em casa. Aqui nos fechámos nos últimos meses a terminar tudo, a dar tudo o que temos, e hoje finalmente vai acontecer. Não vou tentar traduzir em palavras as emoções que andam nesta casa, as noites de sono por recuperar e o trabalho a contra-relógio que vai por aqui. Vim apenas registar o "antes" de dia 25, porque acho que a partir da meia-noite começa uma nova era. Uma nova fase da nossa vida que levámos tanto a preparar, e que vamos ter de continuar a construir. Há um mar de trabalho pela frente, mas à meia-noite, por aqui, é hora de festa. E espero que em muito pouco tempo toda a gente consiga apreciar e delirar tanto como nós com as qualidades do Soccial.



Faltam 13 horas, 28 minutos e 10 segundos!!!

3 comentários:

Vânia Silva disse...

Já me puseste a mim em pulgas!!!
Já têm uma seguidora :)) E viva ao Soccial!

http://saladosilenciocorderosa.blogspot.pt/

Our Choices disse...

Boa sorte :-)

http://ourchoices4u.blogspot.pt/

Vânia Silva disse...

Que tal??? Já está online?
Boa sorteeeee!

http://saladosilenciocorderosa.blogspot.pt/