sexta-feira, 9 de março de 2012

Sem direito a descanso


Ando esgotadíssima, 100% dependente de café e de um bom banho pela manhã que disfarce o meu estado de incapacidade mental. Não passo sem dormir e é o que tenho sido obrigada a aprender nos últimos meses ou mesmo anos. As semanas não dão descanso, é uma noite mal dormida em cima da outra, isto de domingo a sexta-feira. Parece muito difícil conjugar as horas de sono mínimas com a organização dos trabalhos do dia-a-dia. Ou ando com os sonos regulados e com a vida por resolver, ou ando organizadinha e sem conseguir pensar de dia porque nunca durmo. Hoje estou rebentadíssima devido a mais uma semana inteira assim. Espero esta noite já conseguir o direito a dormir 8 horinhas. É isso ou amanhã trepar paredes.