sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O cinema de agora

Assusta-me saber que os Critics Choice Awards são aquecimento para os Órcares e os resultados são estes:

Lista completa de vencedores:

Melhor Filme: The Artist 
Melhor Comédia: Bridesmaids 
Melhor Filme de Animação: Rango 
Melhor Filme de Ação: Drive 
Melhor Documentário: George Harrison: Living in the Material World
Melhor Realizador: Michel Hazanavicius, The Artist
Melhor Atriz: Viola Davis, The Help
Melhor Ator: George Clooney, The Descendants
Melhor Atriz Secundária: Octavia Spencer, The Help
Melhor Ator Secundário: Christopher Plummer, Beginners
Melhor Elenco: The Help
Melhor Jovem Ator: Thomas Horn, Extremely Loud and Incredibly Close
Melhor Argumento Adaptado: Aaron Sorkin and Steve Zaillian, Moneyball
Melhor Argumento Original: Woody Allen, Midnight in Paris
Melhor Filme Estrangeiro: A Separation
Melhor Fotografia: (empate) Janusz Kaminski, War Horse e Emmanuel Lubezki, The Tree of Life
Melhor Direção Artística: Hugo
Melhor Montagem: The Girl with the Dragon Tattoo
Melhor Guarda-Roupa: The Artist
Melhor Banda Sonora: The Artist
Melhor Canção: The Muppets, "Life’s a Happy Song”
Melhores Efeitos Visuais: Rise of the Planet of the Apes
Melhor Maquilhagem: Harry Potter and the Deathly Hallows, Part 2Melhor Som: Harry Potter and the Deathly Hallows, Part 2

Sendo esta lista roubada do site da Vogue e estando lá escrito que "uma coisa é certa: um bom filme é aquele que deleita qualquer categoria crítica com um esplendor inegável, que entra na categoria de clássico antes mesmo de atingir o grande ecrã" (isto falando do vencedor The Artist), então o que estão ali a fazer o Bridesmaids e o Drive em melhores filmes de comédia e de acção?

Só digo que estes prémios cada vez têm menos credibilidade para mim. Parabéns ao Harry Potter, que esse filme bem merece os dois prémios que ganhou.

1 comentário:

Sofia disse...

Realmente, se o Bridesmaids e o Drive são filmes para prémios, não sei que raio de qualidade têm os filmes de hoje em dia. Ou que critérios têm para nomear os filmes... anyway, estas coisas para mim também já não têm credibilidade nenhuma!