domingo, 6 de novembro de 2011

Ponto de situação


É ver desperdiçar dia atrás de dia, semana atrás de semana. Eu faço muita coisa útil, muita coisa importante, mas enquanto não conseguir aproveitar estes dias bons que fazem e nem sei o porquê de não os aproveitar, não me vai sair este peso da cabeça, não vou superar as inúmeras consequências de stress de que sofro e nunca vou estar bem comigo. Pior, nem comigo nem com os outros.
Procuro um equilíbrio que tenho de encontrar com a maior urgência, porque até lá vou continuar triste. É este o ponto de situação.

2 comentários:

Joana disse...

Pffff... cá pra mim tu precisas é de um brunch.

19 ou 20 Nov, tá combinado!

;)

Susy disse...

Acho que é isso mesmo que também ando a sentir!!!