quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Dia de partida

Aqui estou eu, de malas feitas, pronta para mais um ano.
Volto para Lisboa para preparar tudo, volto depois para as aulas, mas mais que nunca sei que vou também começar algo diferente, que vou para uma grande mudança na minha vida. Ainda não sei ao certo o que será, mas sei que se vai dar. Estou cheia de sentimentos estranhos no que diz respeito a este recomeço, principalmente pelos inúmeros planos que desta vez vão (ter de) dar resultado.
Assim posso ver que é muito maior a minha excitação pela entrada no novo ano do que a de entrada em férias. As férias não me serviram de descanso (a não ser os dias abençoados de Algarve), espero acalmar agora, apesar de tudo. Porque acalmar não é estar parada, é saber levar as coisas de uma forma diferente e positiva. Não sou das que anseia o fim das férias, nunca fui, por mim alargavam-se mais um mês para tanto que queria fazer, mas agora só quero voltar porque não é aqui que resolvo a minha vida, muito pelo contrário...
Por isto e por tanto mais, é hora de regressar e começar tudo o que tenho planeado. O problema disto é que fico sempre com remorsos enormes de ficar feliz por partir e deixar, por exemplo, a minha mãe por aqui triste e um pouco sozinha. Mas penso para mim que a vida é assim e isso faz-me sentir menos culpada, porque chega uma altura em que temos de seguir em frente, por mais que isso custe, seja a nós ou aos outros. E eu não estou a fazer mais do que seguir com a minha vida.

2 comentários:

M.M. disse...

Sei o que sentes... ha 8 anos quando fui para a faculdade senti exactamente o mesmo... na primeira noite que fiquei em Lisboa chorei a noite toda... era o medo do desconhecido, de uma grande mudança :)
Depois quando cheguei à faculdade tinha alguns colegas na mesma situação, outros nao notavam nenhuma mudança porque continuavam em casa dos pais... mas acredita que vais gostar bastante :)
Vais crescer a cada dia!
Se precisares de alguma coisa (por mais estupida que possa parecer) diz-me porque eu tambem estou em Lisboa ;)
Beijinhos e boa sorte :p

LucyInTheSky disse...

Boa sorte para uma nova etapa. Acho que toda a gente que deixa a nossa casa se sente assim. Mas é a nossa vida agora. Não dá para deixar de a viver. Aproveita.
K***