sábado, 6 de agosto de 2011

Sinto-me presa, aqui

Principalmente em dias assim, sem sol, porque o meu escape costuma ser a praia. Sem ela, acabo por ficar aqui em casa e sentir-me presa por todos os lados, sinto-me vigiada, sob os olhares críticos das pessoas que me rodeiam. Não me sinto à vontade para fazer o que tenho para fazer, até porque teria de estar todo o dia enfiada no computador. Não me sinto sequer à vontade para ler o meu livro. É uma estupidez, pois claro que é, eu sei que sim, mas toda a vida foi assim, não me sinto bem comigo nem com ninguém. Pode ser um problema só meu, mas a cada dia que passa é mais claro que não me sinto bem aqui e, muito sinceramente, sinto-me a desperdiçar a minha vida. Os melhores anos da minha vida...

Sem comentários: