quarta-feira, 18 de maio de 2011

Cenas

Quando andávamos a passear com os Cámones (ou a passear os Cámones?) só quiseram ir a sítios turísticos, como é frequente. Num miradouro em que parámos para umas imperiais, outras pessoas pensaram que eu eram um deles e não acreditavam no contrário. Não é que nunca tenha me acontecido, mas quando falo em português acabam-se as dúvidas. Desta vez não resultou, apesar de ter ao meu lado 3 caras de ingleses puros para comparação. É engraçado...

No domingo, mesmo com tanto que estudar em casa, deixei os meus pais virem matar saudades a Lisboa, já que sou tão má filha que agora nunca consigo ir a casa. Tirei a tarde para fazer a minha mãe feliz e prometi-lhe os meus serviços de personal shopper o tempo que quisesse. No fim o meu trabalho foi compensado, foi o meu primeiro pagamento a trabalhar no ramo. Começo a pensar no futuro...

Enfim, devaneios.

Sem comentários: