domingo, 15 de maio de 2011

Aqueles dias que adoro


Este fim-de-semana chegaram os nossos amigos ingleses. Na sexta-feira fomos buscá-los para aproveitar o seu único dia em Lisboa e lá fomos fazer de turistas outra vez, só não sabia que era sob tanto calor. À noite esperavam mais animação, mas foram conhecer um pouco do nosso mundo universitário no festival de tunas da univ. nova de lisboa, na minha rival faculdade de economia. Acabaram por dormir o festival todo e já nem fomos para festas a seguir. Ontem ao almoço terminou a visita a Lisboa e rumaram às cidades de praia, mas não sem antes tomarmos o pequeno-almoço nos Pastéis de Belém, paragem obrigatória para os turistas (vocês perceberiam porquê se vissem a cara deles a comer os pastéis).

Adoro que venham cá, por mim era todos os meses. Desta vez só fiquei triste por não ter ido com eles até à praia, para dias relaxantes e noites loucas. É que o tempo aperta muito, os exames aproximam-se e a minha preparação roça o zero. Brincar com a vida nesta altura já não é boa ideia e já foi muito bom "passear" estes 2 dias.

Os próximos é que vão ser de agenda cheia até aos exames, é só por isso que não estou bem a ver onde se encaixa o estudo (que tanto preciso) no meio de tantos compromissos. Hei-de arranjar uma saída...

Sem comentários: