quarta-feira, 20 de abril de 2011

Não, não e não


Venho para aqui numa de fugir ao stress de Lisboa e dou comigo sem dormir as noites todas por pensar em tantos problemas? Aqui em casa é só más caras, reclamações, lamentações e má vontade de todos para com todos. Será do mau tempo? Não, foi assim toda a vida. E não era disto que estava a precisar, não mesmo. Isto só me sobrecarrega de mais nervosismo desnecessário, numa altura em que já tenho tantos problemas em que pensar sem esta gente a pôr-me mais preocupações em cima.

Os meus dois dias de "férias" aqui não foram mais que resolver problemas, meus e dos outros. E estudar? E descansar? Foi fazer companhia a uns, ajudar outros e ir tratar da emissão de uns quantos documentos para resolver um problema que apareceu agora. Termino isso tudo amanhã de manhã e volto é para Lisboa logo na hora de almoço. É lá que está a única pessoa capaz de me deixar calminha.

1 comentário:

teorianasnuvens disse...

Às vezes é onde menos imaginamos que encontramos a nossa calma...