sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Um adeus com saudadinhas


Oh 2010, para onde foste tu que nem te vi a ir embora? Uma pessoa abstrai-se do mundo e depois é preciso escrever a data duas vezes (em dois exames) para perceber que é mesmo verdade, que ja é 2011!

Tinha tantos feelings para ti, 2010. Comecei o ano cheia de sentimentos e esperanças, tinha a certeza que ia ser um ano único, que ia ser O ano. Talvez por isso não tenha sido, não sei ao certo. Sei que aconteceu muita coisa, umas muito boas, outras muito más. Sobretudo, foi ano de grandes mudanças: mudei de casa e pela primeira vez em quatro anos deixei de morar sozinha. Para juntar a isso, ainda acordo todos os dias a olhar para quem mais gosto. Mudei de computador, mudei de clube (parece que é mesmo verdade), criei um blog.

Os feelings pra 2010 não se cumpriram, mas este ano adorei ser brindada com muitas festas familiares - dois baptizados e um casamento - adoro a família junta e espero que continue a melhorar este aspecto... Também tive pela 1ª vez enquanto estudante universitária uma festinha de anos em plenos exames. É todos os anos durante os exames e privo-me disso, mas este ano fui surpreendida :) o Verão passou muito rápido, ainda deu para passar férias fora de casa e no fim uma semana romântica tão boa, para acabar da melhor forma possível.
Fiz a minha primeira brincadeira em aplicações financeiras, evoluí o meu "negócio", festejei o benfica campeão no marquês, diverti-me imenso na nova casa, apaixonei-me mais... Mas passou tudo muito depressa.

Fui finalista, fiz a festa mas não terminei o curso. No mesmo dia perdi uma pessoa tão especial que ainda hoje quando me lembro... Não consigo evitar a grande tristeza. Este ano também me afastei ainda mais dos amigos de sempre. Desde que vim para Lisboa que deixei de estar com toda a gente e queria muito que isso mudasse o mais depressa possível porque me fazem muita falta, apesar da vida agora ser tão diferente. É tentar arranjar um tempinho na agenda.

Não fiz as 1001 coisas pequeninas que tinha planeado fazer, mas são essas que quero tentar agora. Nada de grandes planos para o próximo ano. Mais do que ficar à espera que seja óptimo, é fazer algo para que seja, começando agora mesmo porque estou em exames. O blog vai ficar mais paradinho, mas é para isso que serve: para esperar pela dona enquanto ela trata do que é prioridade. E a prioridade para este ano é ganhar juízo! Dentro dos possíveis, vá.

Sem comentários: