sábado, 25 de dezembro de 2010

Tradições de Natal









Já lá vão os tempos em que tinha um Natal tradicional. No dia 25 almoçávamos todos, família enorme, a carne de porco à alentejana. De seguida, depois de todas as sobremesas e convívio, iamos todos juntos encher algum café e passar a tarde a fazer um longo passeio por Peniche. Voltávamos, já de noite pelas 18 ou 19h para comer camarões, novamente de mesa cheia, coisa que se prolongava sempre até ao fim da noite.
Nos últimos 6 ou 7 anos o dia 25 já foi passado em Lisboa. Com o outro lado da família, porque assim é mais justo. A animação não é a mesma, mas é um dia de Natal diferente.
Este ano até o dia 25 tinha de ser diferente - e para pior, é claro. A alegria em casa é tanta que acabei por ir até à casa de uma amiga. Hoje é um dia igual aos outros, mas com muitos doces no frigorífico.

1 comentário:

Susy disse...

Já somos duas...já la vão os anos que a familia se reunia, era dois em um, aniversário da minha avó e o natal, a familia toda, casa cheia agora so resta a magia do natal que fica muito pobre sem as pessoas que gostamos....:(