segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Recomeçar

A semana que passou foi para esquecer. Fiquei mesmo doente e não fiz nadinha. Nada de aulas, de estudo, de coisa nenhuma. Foi estar entre a cama, o sofá e o médico. Foi dormir o dia todo embrulhada em mantas, agarrada aos comprimidos, com intervalos para papar séries, jogar sims, leites com mel, consultas, radiografias.

Agora estou aqui quase a 100 e pronta para a nova semana, mas nos entretantos: perdi uma semana de aulas e de estudo, véspera de dois testes; perdi o fim-de-semana prolongado, que estava totalmente planeado; perdi a noite de halloween, não estava planeada mas adoro-a e nunca tinha pensado em ficar em casa nesse dia. Perdi o dia do "pão-por-deus" em casa e toda a tradição que envolve. Gosto tanto! Enfim, foi um desgosto ficar na cama tanto tempo, foi um desperdício de vida. Agora tenho de correr atrás do tempo perdido e já estou a trabalhar nisso.

Sempre que houver um fim-de-semana prolongado ou qualquer tipo de pequenas férias tenho de me lembrar de não programar nadinha. Burra sou eu quando o faço, porque dá sempre nisto. Se me virem a fazer planos, por favor, façam alguma coisa a impedir (tipo dar-me uma cabeçada bem dada e dizer-me "hello?? acorda, miúda, que essas coisas dos feriados e dias bem aproveitados não são pra ti")

2 comentários:

Sofia disse...

Pão-Por-Deus em casa? Parece-me bem :D

Isabel Pinto disse...

Yaa, castanhas assadas, água-pé, broas de erva doce (nhamiiiiiiiiii), amendoins, arroz doce, essas coisas!