quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Harry Potter e os Talismãs da Morte (II)

Continuando a falar em filmes... Neste último do Harry Potter fiquei triste a sentir que está no fim, a acabar aquela magia que se sentia no filme quando eles era pequenos e nos era apresentado um mundinho perfeito e tão giro que nos faz odiar ser muggles.
Uma das coisas que mais reparei neste filme foi o tamanho dos actores, de como estão enormes e a diferença para a primeira vez que os vimos. Acompanhámos todo o crescimento deles, de crianças a adultos e reparo que nós próprios somos uma geração que cresceu com eles. No intervalo do filme dei comigo a olhar à volta e não era crianças que via naquela sala de cinema. Tudo bem acima dos 20 anos (o FF ali incluído), uma geração que também conheceu a história quando tinha os seus 10/13 anos e a acompanha até hoje. Se sairem da sala de cinema e forem para casa ver o HP e a Pedra Filosofal acho que vai ser um tremendo espanto, a pensar que já passou este tempo todo. E eu a pensar que tinha sido ontem que a minha prima mais velha me tinha levado ao cinema a ver o primeiro filme... 10 anos depois, já posso ser eu a levar primas pequenas comigo ao cinema e nem dei pelo tempo passar (já estou com conversas de velha, é o que faz este filme!!).

10 anos num abrir e fechar de olhos, e que lindos jovens que eles ficaram... E nós também! ;)


1 comentário:

Sofia disse...

"Three heroes. Seven books. Eight movies. Ten years. We are the Harry Potter generation." ;)