segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Sonhos, tudo sonhos


Passar a manhã a ter aulas em inglês só me deixou uma vontade maluca de apanhar um avião e ir directa para os Estados Unidos fazer o mestrado. Ai era sair-me o jackpot em qualquer coisa e lá ia eu direitinha. Assim, resta-me continuar a sonhar, uma vez que não jogo em nada e muito menos tenho o recheio de uma casa para vender e a seguir partir à aventura, como teve a Maria.

Mas porque é que nunca me apliquei neste curso, mas porquê?? Podia ter ganho uma bolsa e já estar a milhas, mas não: fui burra, estou aqui e por aqui vou ficar. Então deixem-me cá aproveitar o Portugal porque já se sabe que o futuro é imprevisível e nunca se sabe o que pode aparecer.

3 comentários:

Sofia disse...

Well, sonhar é o primero passo my dear ;)

Mirth disse...

junta as tuas ideias numa só, eleva o teu sonho e conjuga-o à realidade e tudo é possível!

Maria disse...

Olha publiquei aqui um primeiro comentário mas fiquei com a ideia de que não entrou.

Dizer-te só uma coisa: Na vida nunca é tarde para nada. Nada. E não te digo isto da boca para fora. Claro que o ideal teria sido ir para o Colégio quando tinha 20 e tal anos. Não foi possível. Mas mesmo quando há coisas na nossa vida que num dado momento não são possíveis tal não significa que seja inviáveis. As coisas só deixam de acontecer se nelas deixarmos de acreditar.

Bj e se precisares de alguma coisa, sabes onde estou.


:)