domingo, 15 de agosto de 2010

Mês de Agosto - a rota das festinhas

Já começaram as festas das terrinhas todas. Já acabaram as melhores, a de Peniche, de Ferrel e agora decorre a da Atouguia. Mas a nossa é sempre a nossa e a de S. Bernardino este ano esmerou-se. É tão giro ir à festinha, quer dizer, era, porque quando éramos pequenos aquilo era tudo nosso, agora já vou para lá quase como simples espectadora. Cheguei de lá agora e é tão giro ver a quantidade de gente e movimento que aquilo tem, pensar que toda a gente de uma terrinha inteira está ali, que as casas estão todas vazias, que as famílias inteiras vão para ali, as crianças para os insufláveis e as avózinhas para os bancos sentadas a assistir aos filhos a dançar ao som das pimbalhadas. O grupo que está a actuar hoje é terrível, but who cares? Desde que toque até tarde as músicas que todos conhecem, o povo fica feliz. Vou ter muita pena se um dia deixar de marcar presença na festinha da aldeia.

Sem comentários: